Please enable JS

RECUPERAMOS LINUX

Há 20 anos, a Hosco recupera dados em ambientes Linux com dano em HDs e FS
dados linux
MELHORES
RESULTADOS

EXPERIÊNCIA

Centenas de casos de recuperação de dados em ambientes Linux

CONFIANÇA

Ações executadas por equipe LPIC-2, em laboratório controlado

EFICIÊNCIA

Elevado score, com auxílio de recursos forenses e programação

CREDIBILIDADE

Equipe graduada, legalmente apta para exercício dos trabalhos


MÉTODOS
SEGUROS
Técnicas não-invasivas, aplicadas em laboratório, executadas por especialista de storage com certificado 1Z0-499.
TÉCNICAS
MODERNAS
Recursos avançados e equipamentos de última geração operados por analista com certificações LPI/LPIC e LPI-Japan.

INCIDENTES REPARADOS

FÍSICO

ERRO DE HARDWARE

Recuperação de cenários com falhas em dispositivos de armazenamento (HD, SSD, flash etc.) ou storage inacessível.

LÓGICO

FALHAS LÓGICAS

Recuperação de arquivos em Linux com dano em volumes, partições, file system e gestores de boot (GRUB, LILO etc.).

PLATAFORMAS ATENDIDAS

ABERTA

GRATUITA

Trabalho orientado para recuperar sistemas de arquivos corrompidos e conteúdos perdidos, em Linux de código aberto.

FECHADA

PROPRIETÁRIA

Soluções para perda de dados em servidores, storages ou appliances, contendo sistemas embarcados e com restrições.

SISTEMAS ATENDIDOS

Os trabalhos abrangem ambientes com distribuições baseadas em kernel Linux - open source, livres ou proprietárias. Estão inclusas soluções virtuais (Xen, KVM/QEMU e VMware) e físicas, afetadas por desastres em storages e seus devices (HDs, SSDs, etc.) ou acometidas por incidentes de ordem lógica relacionados com exclusão de arquivos, inconsistência de volumes, erros de kernel, entre outros. São suportados volumes RAID, RAID-Z, RAID MD/DM, JBOD, LVM e ZFS.

ARCHLINUX

Crux, Manjaro, etc.

DEBIAN

Knoppix, Kali, MX, etc.

CENTOS

Rockstor e Oracle Linux

FEDORA

Turbolinux, YDL, etc.

GENTOO

Chromium OS, etc.

MINT

Ubuntu Edition e LMDE

MANDRIVA

Mandrake, Mageia, etc.

SUSE LINUX

Enterprise e openSUSE

RASPBERRY-PI

Raspbian, Debian e outros

RED HAT

Red Hat Enterprise, etc.

SLACKWARE

Vector, Zenwalk, Slax, etc.

UBUNTU

Mint, Zorin, entre outras

FILE SYSTEMS SUPORTADOS

As ações objetivam recuperar arquivos, partições e conteúdos alocados em file systems Linux tradicionais (Ext4, JFS, XFS, entre outros), legados (Ext2, Xiafs, etc.), complexos (BTRFS, ZFS, VxFS, etc.) e distribuídos (OCFS, NFS, etc.), que tornaram-se inconsistentes ou inacessíveis por falha em drives de armazenamento ou volumes.

EXT

EXT, EXT2, EXT3 e EXT4

JFS

JFS2 (Linux JFS)

XFS

SGI/Red Hat XFS

BTRFS

B-TRee File System

REISERFS

ReiserFS e Reiser4

ZFS

OpenZFS e Oracle ZFS

OCFS2

Oracle Cluster FS

MINIX

Minix FS / Minix 3

NILFS

Log-structured FS

FAT

VFAT e ExFAT

DESASTRES
CORRENTES

Dano em HD, SSD, LTO, DAT, etc.

Inconsistências em GRUB/LILO

Corrompimento de superblocos

Falha em sistemas distribuídos

Remoção ou alteração de dados

Ausência e corrupção de inodes

Erros em processos de migração

Dano por acesso não autorizado

Um ambiente Linux corrompido deve ter seus drives desligados

DEPOIMENTOS

  • Depoimento 1
  • Depoimento 2
  • Depoimento 3

Fluxo de TRABALHO

A Hosco possui data center, laboratório próprio e equipe graduada. Os projetos são supervisionados por um profissional com certificações LPI, LPI-Japan e LPIC. As tarefas são executadas por analistas com muitos anos de experiência. O processamento e armazenamento das informações ocorre em uma estrutura computacional poderosa e segura. O ambiente para reparo em HDs segue os devidos compliances. A validação dos dados é feita por um programador. Essas e outras qualidades garantem os melhores resultados obtidos pela Hosco.

1) DIAGNÓSTICO

Análise dos dispositivos

2) ESTABILIZAÇÃO

Dispositivos normalizados

3) PLANEJAMENTO

Criação de algoritmo

4) EXTRAÇÃO

Extração de blocos

5) RECONSTRUÇÃO

Reconstrução de arquivos

6) VALIDAÇÃO

Teste de integridade

7) FINALIZAÇÃO

Fim do trabalho

8) ENTREGA

Entrega dos dados


SOBRE LINUX

Linux constitui um grupo de sistemas operacionais com kernel monolítico, multiusuário e multitarefa, criado por Linux Torvalds, em 1991, com a ajuda de programadores voluntários.
As primeiras versões usavam MinixFS, mas logo foi adotado o EXT como sistema de ficheiros padrão. Seu desenvolvimento teve inspiração na estrutura de metadados (bootblocks, superblocks e inodes) do UFS. A criação do EXT3, em 2001, introduz tecnologia de journaling no Linux, proporcionando maior resiliência e garantindo integridade do file system diante de desmontagens abruptas e desligamento inadequado de drives (HD, flash etc.).
Sobre Linux
O desenvolvimento do Linux prioriza um ambiente operacional seguro, com filesystems testados exaustivamente. Ext4, XFS e JFS, respondem de modo bastante satisfatório ao corrompimento de dados e falhas em discos rígidos. ZFS e BTRFS são ainda mais eficientes, principalmente, por alocarem recursos em modo copy-on-write e pela verificação de integridade de blocos.
A alta confiabilidade dos file systems suportados e o suporte a diversos modelos de controladoras (IDE, SATA, SAS, SCSI, etc.) de armazenamento, fazem do Linux o sistema perfeito para implantação de storages, servidores de arquivos, servidores de backups e ambientes de missão crítica em geral.
Devido a esses e outros aspectos, grande parte dos serviços essenciais para o funcionamento da internet (DNS, HTTP, FTP, etc.) são fornecidos e controlados por servidores Linux.
Sobre Linux

INCIDENTES

O kernel Linux e seus módulos possuem subsistemas de gerenciamento de erros (EH) para manter o ambiente funcionando a qualquer custo. Isto é desejado na maioria dos casos, mas pode ser um complicador em determinadas circunstâncias. A libata, por exemplo, tem rotinas agressivas para detecção de HD, que podem agravar o dano de um dispositivo que já está avariado.
A tecnologia de realocação automática de blocos defeituosos para outros dispositivos ou partições redundantes, presente no BTRFS e ZFS, sob certas condições, também podem causar maiores problemas em uma mídia de armazenamento defeituosa.
Incidente em Linux
A maioria dos desastres com dados em sistemas Linux são causados por danos físicos em discos rígidos e flash drives.
Muitos destes incidentes são de caráter acidental e imprevisível, podendo acontecer mesmo em cenários com rígidos compliances e adoção de práticas recomendadas. Mas um percentual significativo está relacionado com monitoração insuficiente e falha na interpretação de marcadores (saídas de kernel e logs de erro) relacionados com hardware em condição de pré falha.
Empresas menores tendem a sofrer maiores prejuízos quando são afetadas por esses problemas, devido a escassez de investimentos em soluções de backup e planos de disaster recover.
Estes contratempos também ocorrem em sistemas high-end, mas seus atributos de alta disponibilidade geralmente corrigem ou amenizam, de modo transparente, os impactos causados.
Incidente em Linux

SOLUÇÕES

A Hosco é referência nacional na recuperação de dados em Linux, tendo um histórico com centenas de casos em cenários de diferentes portes e complexidade variada.
A empresa conta com uma equipe que possui certificações LPI, LPI-Japan, Oracle 1Z0-499, entre outras. São profissionais que, desde 1997, atuam e coordenam operações em ambientes Unix-like e têm ampla experiência em recuperação de Linux.
São centenas de empresas beneficiadas que - por questões legais, éticas e bom senso - têm suas identidades preservadas. Alguns destes casos foram relatados (pelos próprios gestores e clientes) na rede Linkedin da Hosco e de seus proprietários.
Hosco - Soluções para Recuperação em Linux
As tarefas de diagnóstico e extração de dados são coordenadas por um analista de storage e sistemas. Reparos em HDs danificados ocorrem em laboratório controlado. As ações são realizadas nas localidades da empresa e por seus funcionários.
Dentre os métodos exclusivos aplicados, podemos citar a estabilização correta de discos corrompidos (com ferramentas e ações que bloqueiam a realocação de setores), reparo de superblocos, mapeamento sequencial de inodes e integração de informações do journal com os blocos alocados.
São essas qualidades e uma estrutura com laboratório controlado, que aumentam a eficiência e segurança dos processos realizados na Hosco Tecn., garantindo os melhores resultados.
Sistemas Linux com perda de dados críticos devem ser direcionados para a Hosco. Qualquer tentativa de reparo fora de ambiente profissional pode agravar o problema.
Soluções para Recuperação em Linux